coletivos em rede e organizações - coro

 


Ateliê Aberto

Ativo desde 1997
Origem: Campinas – SP
É rika Pozetti + Samantha Moreira + Sylvia Furegatti
O ateliêaberto funciona como espaço de investigação de arte contemporânea. Inicialmente criado para ser um ateliê coletivo de artistas, ampliou sua linha de atuação para projetos em artes visuais, discussões, workshops, orientação de projetos e consultoria, além da concepção, produção e montagem de exposições. Ele também funciona como um centro de documentação e pesquisa.
o ateliêaberto é um espaço independente e experimental no sentido de que os artistas têm autonomia para propor projetos, individuais ou coletivos, focados no espaço expositivo e em projetos externos.
www.atelieaberto.art.br


Ateliê Aberto



Actif depuis 1997
Origine: Campinas SP
É rika Pozetti + Samantha Moreira + Sylvia Furegatti
L'ateliêaberto fonctionne comme espace de recherche sur l'art contemporain.
Crée initialement pour être un atelier collectif d'artistes, il a élargi sa ligne d'action vers de projets en arts visuels, discussions, workshops, orientation de projets et services de consultant, en plus de la conception, production et montage d'expositions. Il fonctionne tout aussi en tant que centre de documentation et recherche.
L'Ateliêaberto est un espace indépendant et expérimental dans le sens de laisser de l'autonomie aux artistes pour la proposition de projets, individuels ou collectifs, misés sur l'espace d'exposition ou pour de projets externes.
www.atelieaberto.art.br



Ateliê Aberto responde o questionário CORO:

1 - Defina seu coletivo.
O ateliêaberto funciona como espaço de investigação de arte contemporânea. Inicialmente criado para ser um ateliê coletivo de artistas, ampliou sua linha de atuação para projetos em artes visuais, discussões, workshops, orientação de projetos e consultoria, além da concepção, produção e montagem de exposições. Ele também funciona como um centro de documentação e pesquisa.
Localizado em Campinas, o ateliêaberto é um espaço independente e experimental no sentido de que os artistas têm autonomia para propor projetos, individuais ou coletivos, focados no espaço expositivo e em projetos externos.

2 - Como pensam a coletividade na prática artística contemporânea?
Essencial.

3 - Como pensam o indivíduo no coletivo?
Com seu espaço, seu trabalho e pensamento , democraticamente com possibilidades e proximidades do coletivo.

4 - Como se organizam coletivamente?
O ateliêaberto é coordenado por Samantha Moreira e Fábio Luchiari e artistas convidados a realizarem projetos dentro e fora do espaço.

5 - Qual a posição do coletivo em relação às instituições? (circuito, mercado, inserção, curadoria, crítica, museus...).
Paralela e em parcerias.

6 - Como o coletivo se mantém e viabilizam materialmente suas ações?(tem patrocínio?etc.).
Através de projetos produzidos e realizados fora do espaço do ateliêaberto e comercialização de trabalhos através de artistas participantes no coletivo.
Importante ressaltar que em todos os projetos externos do ateliêaberto os artistas ganham um pró labore para viabilização do trabalho.

7 - A quais ações artísticas se propõem? Exemplifique.
- parte do espaço expositivo do ateliêaberto é destinado para artistas convidados a produzir sites specifics , projetos experimentais de investigação da sua produção atual.
- workshops com artistas convidados e orientação de projetos com artistas locais.
- conversaaberta, onde os artistas são convidados para explanação da poética de seu trabalho e troca de experiências com outros artistas e público presente.
- projetos realizados fora do espaço do ateliêaberto, como exposições, montagem e produção.
- estadia de artistas no ateliêaberto para desenvolvimento de projetos específicos.
- viagens de pesquisa e documentação.
- espaço aberto para artistas apresentarem projetos a serem produzidos em parceria com o ateliêaberto.
- através da representação de artistas no espaço do ateliêaberto para comercialização de trabalhos.

8 - Existe um posicionamento ético/político pré estabelecido em suas práticas e conceitos? Quais os critérios utilizados para concepção dos projetos do grupo?
Respeito pelo trabalho individual de cada artista participante, apoio a novas produções em projetos externos e internos e abertura para parcerias e trabalhos coletivos.
Os critérios utilizados pelo ateliêaberto para concepção dos projetos é de sempre dar margem a novas ações e investigações da arte , inserção em espaços não convencionais, parceria com outros espaços, troca e diálogo entre os artistas, curadores, produtores...


9 - Qual a posição do coletivo em relação à curadoria? (pense curadoria nas mais diversas formas, desde interna (dos integrantes) a externa (convidados ou propostas).
O ateliêaberto realiza exposições com artistas convidados e curadores convidados, dentro e fora do espaço.
Os integrantes tem total liberdade de trabalhos externos, assim como é espaço aberto para propostas externas