coletivos em rede e organizações - coro

 


Deusamorna

Ativo desde 2003
Origem: Santa Maria –RS
Ana Claudia Paim + Bibiana Silveira + Claudia Loch + Dante Acosta + Fábio Dotto Machado + Leandro Alves + Liziane Garcia + Michele Oliveira + Raquel Bassan + Sara Regina Santos + Tetê Barachini + Vanessa Freitag
Com o principio de interdisciplinaridade, o projeto teve seu início em outubro de 2003, aglutinando e articulando participantes com pesquisas e enfoques diferenciados. Pensando o urbano como um lugar em aberto, o PROJETO DEUSAMORNA, se propõe realizar ações e intervenções em espaços do cotidiano do grupo envolvido, e pensar sobre a territorialidade e os não-lugares existentes, no dia-a-dia. Através de situações que são criadas, pela ação prática, o mesmo está sempre em constante revisão, permitindo alterações sempre que se fizerem necessárias, para melhor articulação do grupo envolvido.
www.ufsm.br/deusamorna


 
Deusamorna

Actif depuis 2003
Origine: Santa Maria RS
Ana Claudia Paim + Bibiana Silveira + Claudia Loch + Dante Acosta + Fábio Dotto Machado + Leandro Alves + Liziane Garcia + Michele Oliveira + Raquel Bassan + Sara Regina Santos + Tetê Barachini + Vanessa Freitag
Sous le principe de l¹interdisciplinarité, le projet a débuté en octobre 2003, rassemblant et articulant de membres aux recherches et approches diversifiées. Pensant l¹urbain en tant que lieu ouvert, le PROJETO DEUSAMORNA propose la réalisation d¹actions et d¹interventions dans des espaces appartenant au quotidien du groupe, ainsi que penser sur la territorialité et les non-lieux existants, quotidiennement. À travers les situations crées, par l¹action pratique, le groupe est toujours en constante révision, ce qui permet des changements dès qu¹ils se font nécessaires, visant la meilleure articulation du groupe.
www.ufsm.br/deusamorna


QUESTIONÁRIO

1. Defina seu coletivo.
Com o principio de interdisciplinaridade, o projeto teve seu início em outubro de 2003, aglutinando e articulando participantes com pesquisas e enfoques diferenciados. Pensando o urbano como um lugar em aberto, o PROJETO DEUSAMORNA, se propõe realizar ações e intervenções em espaços do cotidiano do grupo envolvido, e pensar sobre a territorialidade e os não-lugares existentes, no dia-a-dia. Através de situações que são criadas, pela ação prática, o mesmo está sempre em constante revisão, permitindo alterações sempre que se fizerem necessárias, para melhor articulação do grupo envolvido.

2. Como pensam a coletividade na prática artística contemporânea?
Permanente e ativa.

3. Como pensam o indivíduo no coletivo?
Híbrido em sua totalidade.

4. Como se organizam coletivamente?
Os professores/artistas plásticos e alguns alunos do Curso Artes Visuais, juntamente com seus respectivos professores orientadores apresentam propostas do trabalho a serem executadas individualmente ou em grupo, em cada fase do projeto. Realizam o registro do mesmo através de fotos e/ou vídeo, e colocam este material on-line, através da sua página na Internet.
A realização de trabalhos de intervenção/ações em espaços do cotidiano, a diferenciação e a reflexão sobre os mesmos, o entendimento sobre esta forma de expressão e seus possíveis desdobramentos, e a possibilidade de intercâmbio com outros alunos e profissionais que trabalham de forma pontual nos espaços urbanos, abre de forma efetiva para os alunos do Curso de Artes Visuais, sua compreensão sobre os possíveis significados deste tipo de trabalho dentro da Arte Contemporânea.


5. Qual a posição do coletivo em relação às instituições? ( circuito, mercado, inserção, curadoria, crítica, museus...).
Estamos tentando produzir “arte” , sem a preocupação imediata ou dependente das instituições como um todo. Mesmo porque já pertencemos a uma.

6. Como o coletivo se mantém e viabilizam materialmente suas ações? (tem patrocínio?, etc.).
Como o projeto é bastante recente, não dispomos de patrocínio, ou de qualquer ajuda de custo por parte de algum órgão. Todos os membros do grupo tem bancado suas despesas individualmente.

7. A quais ações artísticas se propõem? Exemplifique.
As propostas dos membros do grupo são em sua maioria de intervenções em áreas “públicas”, dentro do perímetro urbano de Santa Maria/RS e no campus universitário - UFSM, e, algumas propostas tem um caráter virtual, elas apresentam-se através da Internet. Segue anexo algumas exemplificações com fotos de alguns trabalhos.

8. Existe um posicionamento ético/político pré estabelecido em suas práticas e conceitos? Quais os critérios utilizados para concepção dos projetos do grupo?
Todos tem total liberdade em suas propostas. Apenas os resultados são discutidos pelo grupo.

9. Qual a posição do coletivo em relação à curadoria? (pense curadoria nas mais diversas formas, desde interna (dos integrantes) a externa (convidados ou propostas).
A curadoria sempre é de extrema valia para análise critica em relação aos trabalhos.

10. Se as questões acima não são suficientes para explicitar sua proposta, por favor complete com as informações que achar necessárias.

Maiores informações sobre o projeto podem ser encontradas no site: www.ufsm.br/deusamorna